Quer fazer a sua rinoplastia? Entenda como funciona

Quer fazer a sua rinoplastia? Entenda como funciona

Há muito tempo o Brasil conquistou seu segundo lugar entre os países que mais realizam cirurgias plásticas e com o constante aumento, a tendência é que em breve passe os Estados Unidos e chegue no primeiro lugar.

A cirurgia plástica é um recurso que vai muito além do refinamento estético. Quando um paciente não se sente bem com alguma característica específica, isso pode afetar sua autoestima e até mesmo a forma como se porta e interage com o mundo. Sabemos que a  aparência física tem grande impacto sobre aspectos psicológicos e por isso, para garantir um estado de bem-estar holístico, é preciso estar feliz com o que se é por dentro e por fora.

Uma das reclamações mais constantes no consultório diz respeito ao nariz: tamanho, formato, giba, etc. Por ser um ponto central na face, ele é de extrema importância para conferir harmonia à face, e é por isso que muitos recorrem à Rinoplastia - a cirurgia plástica de correção estética e/ou funcional do nariz. 

Por que recorrer a Rinoplastia?

Como dito acima, a Rinoplastia pode ter função estética ou funcional. Nos casos estéticos, a queixa pode estar associada ao tamanho, buscando aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, combater os efeitos do envelhecimento que muda estrutura nasal, alterar o formato e assimetria.

Com relação às alterações funcionais, as mais comuns são correção de trauma nasal, procedimentos para resolução de problemas respiratórios, como na rinosseptoplastia para correção do desvio de septo, casos de correção de adenoide (retirada dos cornetos nasais), entre outros.

Para ser realizado o procedimento, deve-se contar com um profissional credenciado na SBCP e de profunda confiança, pois é um processo complexo e que exige bastante experiência. Deve-se levar em consideração diversos fatores: como formato do rosto, sexo e as características peculiares de cada nariz para atingir os objetivos e expectativas reais de médico e paciente.

Quem pode fazer a cirurgia?

A idade mínima, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é de 18 anos, pois é quando já há todo o desenvolvimento facial.. No entanto, há casos em que podem ser justificado o procedimento em idades menores, desde que a estrutura esteja apta para passar pelo processo.

Como é feita a Rinoplastia?

Antes de realizar a Rinoplastia é necessário ter cuidados pré-operatórios que consistem em realizar exames e pareceres pré-operatórios.

A cirurgia não é invasiva, mas é bastante delicada por tratar de partes sensíveis da nossa face. Pode ser utilizada anestesia geral ou local associada a sedação. O tempo de duração do procedimento varia de acordo com o que precisa ser feito e pode variar entre 1:30h e 4:00h. O modo como o procedimento ocorre não é igual para todo paciente, pois além do objetivo, cada um tem uma particularidade. Entre as técnicas usadas temos a exorrinoplastia e endonasal;

  1. Rinoplastia aberta ou exorrinoplastia
    Nesse método é realizado uma pequena incisão na columela e na parte interna das narinas. Dessa forma o cirurgião consegue erguer a pele e ter a  visualização de toda a estrutura nasal, tendo mais liberdade e visão do processo. É indicada para grandes alterações na ponta de nariz. A desvantagem é a pequena cicatriz, mas que  fica quase imperceptível. 
  2. Rinoplastia fechada ou endonasal
    Nesse caso não há abertura da columela e as incisões são internas para acessar a estrutura óssea e cartilaginosa o nariz. Nesse tipo de rinoplastia a visão do cirurgião é limitada, por isso, nesses casos é necessário um cirurgião bastante experiente. A grande vantagem está na rapidez do procedimento, ausência de cicatriz e um pós-operatório facilitado.

A cirurgia é pouco dolorosa e a recuperação costuma ser tranquila. Durante a primeira semana você precisará usar uma tala ou gesso e curativo para dar sustentação ao nariz, proteger a área e evitar inchaço excessivo. 

Você também pode ter alguma dificuldade na respiração, mas serão prescritos medicamentos para ajuda-lo nesse período. Também deverá manter a cabeça elevada durante o sono. Após sete dias pode voltar à rotina normal, mas sem exageros. 

Resultado

Como dito, após a Rinoplastia vai haver hematomas e inchaços que desaparecerão de 7 a 10 dias. Os resultados são vistos gradualmente e após 30 dias já é possível notar a mudança no nariz. No entanto é importante lembrar que o resultado final e cicatrização só são percebidos 100% após 1 ano.

Garanta o sucesso de sua Rinoplastia com um cirurgião de confiança e credenciado pela SBCP. Deixe suas dúvidas nos comentários e contem comigo!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *