Mastopexia com e sem prótese

Entre os procedimentos e cirurgias plásticas oferecidas na Clínica Dr. Milton Rocha, uma das cirurgias plásticas mais procuradas é a de correção da mama flácida, também chamada de mastopexia. Esta cirurgia visa remodelar a mama da paciente, e pode ou não estar associada ao implante de silicone.

O principal benefício desse procedimento, que deve ser realizado em um centro cirúrgico e apenas por um cirurgião plástico experiente, é fazer a retirada do excesso de pele, tratando, assim, a queda da mama - ptose. Além disso, esse procedimento pode estar associado a redução da mama, quando o excesso de peso leva a essa ptose, ou ao aumento de próteses de silicone.
O excesso de pele nas mamas pode ser ocasionado por diversos motivos, entre eles temos o envelhecimento natural do corpo, a frouxidão dos ligamentos mamários, regressão do volume da mama após alteração hormonal, menopausa e perda de peso excessiva, principalmente em pacientes que foram submetidos a uma cirurgia bariátrica.
O uso ou não de próteses de silicone associadas a mastopexia depende de uma análise clínica, opinião médica e também aos desejos que o paciente busca alcançar.
Muitas vezes a colocação de prótese é indicada para a paciente que perdeu o seu volume após emagrecimentos, gestações ou com o envelhecimento. Nesses casos, a mastopexia isolada não traria um bom formato, pela ausência de tecido suficiente para dar formato a mama. Em outros casos, a paciente tem um volume de mama suficiente para realizar a montagem da glândula, mas queixa de um polo superior vazio. O uso da prótese nesse caso melhorará o resultado estético.
Cada caso deve ser estudo de forma particular, por isso apenas uma consulta com o cirurgião plástico pode definir se essa cirurgia trará sucesso para o paciente.