Peeling

Como o procedimento de peeling é feito

peeling

DESCRIÇÃO

Os peelings têm indicações específicas e cada uma delas varia de acordo com o tipo de pele. Alguns peelings não podem ser realizados em peles muito claras e outros não têm efeito sobre peles escuras. Até mesmo o sexo pode influenciar na escolha do peeling. A classificação de Fitzpatrick auxilia na determinação dos 5 diferentes tipos de pele.

 

Os pacientes com níveis de Fitzpatrick mais altos (ou seja, pele mais escura) são mais resistentes ao fotoenvelhecimento. Contudo, eles têm incidência mais alta de alterações adversas da pigmentação (escurecimento ou clareamento) depois de peelings químicos.

 

Tipo I: Pele de cor branca, muito sensível ao sol, sempre queima e nunca bronzeia;

Tipo II: Pele de cor branca, muito sensível ao sol, sempre queima e bronzeia algumas vezes;

Tipo III: Pele de cor branca, sensível ao sol, algumas vezes queima e bronzeia gradativamente;

Tipo IV: Pele de cor marrom-claro, sensibilidade ao sol moderada, queima muito pouco e bronzeia bem;

Tipo V: Pele de cor marrom, sensibilidade ao sol é mínima, nunca queima e bronzeia ao marrom-escuro;

Tipo VI: Pele de cor: preta, insensível ao sol, nunca queima e bronzeia profundamente.

  • Equipe experiente
  • Tratamento personalizado
  • Qualidade e segurança
  • Tratamento imediato

Através do uso de substancias químicas, consegue-se a reversão de várias alterações como manchas, rugas, melhora da elasticidade, com renovação do aspecto da pele; conseguindo certo grau de rejuvenescimento. É indicado também como adjuvante na cirurgia de rejuvenescimento facial (ritidoplastia), para melhora do resultado final.

O Peeling poderá ser indicado em 3 ou mais sessões, com intervalo de 15 dias entre uma e outra, dependendo das características da pele, assim como a técnica empregada).

No peeling químico superficial, a epiderme envelhecida é removida e substituída por uma camada nova de colágeno. A regeneração da epiderme começa em 48h e em geral, está concluída em torno do 7o dia. As alterações da derme demoram mais tempo até chegar ao resultado final pleno.

Irregularidades da pele e sua causa: sequela de espinhas, varíola, cicatrizes leves, micro-sulcos, etc;
Tipo étnico do(a) paciente: as pessoas de pele morena são mais propícias às complicações tipo “manchas”. Daí, a menor incidência de sua indicação em países tropicais (Brasil, etc.);
Tipo de atividade profissional do(a) paciente ( se exposição laboral ao sol);
Presença de fatores locais que contra-indiquem o ato (barba irritável, espinhas ativas, irregularidade na superfície cutânea muito acentuada, presença de discromias em outras áreas, cicatrizes inestéticas, etc.);
Motivação do (a) paciente;
Algumas complicações podem decorrer deste procedimento, como vermelhidões, manchas esparsas, formação de cicatrizes.

“As informações oferecidades neste site seguem os princípios da resolução do CFM 1974/2011 e do código de conduta Web de medicina e saúde, tem o propósito de educar e informar e não necessariamente são técnicas praticadas pelo cirurgião. Não substitui opinião médica em atendimento formal. A publicação de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento”.

FALE CONOSCO

Envie sua dúvida ou comentário

Para solicitações ou sugestões, bem como informações sobre cirurgias, preencha, por gentileza, os campos abaixo, que retornaremos o quanto antes.